Reciclagem de resíduos hospitalares

Por reciclagem dos resíduos hospitalares, ou melhor, eliminação dos mesmos entende-se a esterilização e a gestão específica por causa da possível e potencial perigosidade dos mesmos.

A recolha, o transporte, o tratamento e o amontamento destes resíduos devem garantir níveis elevados de tutela do ambiente e da saúde pública.

Os resíduos sanitários dividem-se em várias categorias: resíduos sanitários não perigosos, como por exemplo recipientes vazios de medicamentos, soluções para infusão, medicamentos expirados; resíduos sanitários perigosos não a risco infeccioso, como por exemplo, os resíduos de laboratório (misturas, reagentes, solventes); resíduos perigosos com risco infeccioso, como por exemplo, cateteres, luvas descartáveis, provetas, batas descartáveis, material para medicação; resíduos hospitalares assimilados a resíduos urbanos (RSU) como resíduos de preparação de refeições, vestuário descartável, gessos ortopédicos, fraldas; resíduos que exigem particulares métodos de reciclagem, como por exemplo, substâncias estupefacientes ou partes anatómicas não reconhecíveis.

Contattaci per ottenere un preventivo su misura

Diga-nos suas necessidades para obter uma avaliação personalizada